Jejum intermitente: será que é pra você?


O jejum é uma prática antiga, geralmente associada a alguns rituais religiosos. No entanto, há alguns anos também vem sendo adotada por pessoas que buscam saúde e perda de peso. Mas será que essa prática é mesmo eficaz? Descubra!


Existem diversos protocolos de jejum intermitente, como por exemplo, o método 16:8, o "eat-stop-eat", a dieta 5:2, enfim... Todos eles se baseiam em passar algum período sem se alimentar (podendo beber água e outras bebidas isentas de calorias), seja por algumas horas, dias, pulando alguma refeição, entre outros.


Reduzindo o tempo disponível pra se alimentar, a pessoa acaba ingerindo menos calorias e, consequentemente, emagrecendo. Acontecem também algumas alterações hormonais, como redução da insulina, aumento do GH circulante, entre outros.


Entretanto, também é perfeitamente possível alcançar esse emagrecimento e melhora do perfil hormonal, apenas seguindo uma estratégia alimentar adequada e sem passar fome.


Algumas pessoas, inclusive, sentem um severo mal estar quando estão em jejum, como dor de cabeça, tontura, azia, gastrite e fadiga generalizada. Outras pessoas, por incrível que pareça, se sentem bem.


Por isso, a melhor forma de saber se o jejum intermitente funciona pra você é consultando um bom nutricionista e, caso seja bom pra você, nós iremos montar a melhor estratégia pra gerar o resultado desejado, sem causar efeitos colaterais.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo